Follow by Email

quinta-feira, 24 de junho de 2010

colaborador

se não me falha a memória, um dia a Suzi estava aqui em casa quando surgiu a história do blog e ela sugeriu que alguns amigos colaborassem com o blog, bem, dai aqui to eu ouvindo Thelonious Monk pra me inspirar e estrear meu primeiro despretencioso post :)

o sarau erótico foi um verdadeiro sucesso, não sei se pq foi na sequencia do dia dos namorados e os solteiros de plantão pensaram em aproveitar a ocasião pra numa jogada de tabela matar no peito e chutar a gol, fato é que o sarau lotou e foi um dos saraus mais interessantes que fui nos últimos tempos, sexo é sempre um assunto que mexe com a gente, além de ser ilustrado por quadros eróticos do Shidon, eu queria publicar aqui alguns poemas dessa noite, mas poetas são poetas, acho que não acessam e-mails, ou algo parecido... não consegui os poemas por enquanto, mas vou continuar tentando... uma hora rola, de qq forma, desse dia fiquei com a reflexão que o Binho soltou sobre o psiu, foi assim

certa altura da noite, todo mundo ainda eufórico, querendo continuar a noitada e o Binho teve que conter a rapaziada por conta da lei do psiu, pq eles já estavam pagando uma multa, dai solta esta: "eles se incomodam com o nosso barulho, eu me incomodo com o sono deles, até quando esse povo vai continuar dormindo? será que nunca vão acordar?"

bem, paro por aqui, em breve voltarei, madrugadas de insônia não me faltam rs

gunnar vargas

4 comentários:

Binho disse...

Ufa! Até que enfim um colaborador e dos bons! Valeu o post, Gunnar! Aliás, se alguém quiser postar alguma coisa neste blog, fale comigo, manda pro meu e-mail, sei lá. Este blog é do sarau do Binho, é de todos nós, sintam-se convidados.

Suzi

Moniquinha Hello! disse...

Minha opinião sobre o SARAU DO BINHO não pode nada mais do que acrescentar dentro de mim um complexo de que existe boas intenções, muitas pessoas que apesar de nosso "sistema" cheio de vícios, preconceitos, desigualdade, luta contra a corrente da "maquina", para conseguir um projeto de intenções fabulosas, sou uma eventual e nova frequentadora do Sarau, também confessa apaixonada, por tudo que vejo de tão puro e expressamente sem maquiagem no SARAU.Posso dizer que sempre existe um momento certo de encontrar pessoas interligadas ao que pensamos e queremos da nossa propria vida, sempre haverá uma nova janela para olharmos novos horizontes, refletir sobre o mesmo e melhor ainda, tentar modifica-lo sempre voltando toda nossa vontade, expressão, amor, ao encontro de um mundo melhor e de PAZ.(vixe, será que viajo muito?...rs..)Adoro o SARAU e todo seu contexto, vale a pena existir essas segundas-feiras "feras", repleta de tantas expressões maravilhosas da alma. Um beijo carinhoso a todos. Mônica
MNS ou e-mail: tmmvc@hotmail.com

Moniquinha Hello! disse...

Como se Ama?

"Ninguém ama outra pessoa pelas qualidades que ela tem, caso contrário os honestos, simpáticos e não fumantes teriam uma fila de
pretendentes batendo à porta.


O amor não é chegado a fazer contas, não obedece à razão. O verdadeiro amor acontece por empatia, por magnetismo, por conjunção

estelar. Ninguém ama outra pessoa porque ela é educada, veste-se bem e é fã do Caetano.


Isso são só referênciais. Ama-se pelo cheiro, pelo mistério, pela paz que o outro lhe dá, ou pelo tormento que provoca.


Ama-se pelo tom de voz, pela maneira que os olhos piscam, pela fragilidade que se revela quando menos se espera.

Você ama aquela petulante. Você escreveu dúzias de cartas que ela não respondeu, você deu flores que ela deixou a seco.

Você gosta de rock e ela de chorinho, você gosta de praia e ela tem alergia a sol, você abomina o Natal e ela detesta o Ano Novo, nem no ódio vocês combinam.

Então? Então, que ela tem um jeito de sorrir que o deixa imobilizado, o beijo dela é mais viciante do que LSD, você adora brigar com ela e ela adora implicar com você. Isso tem nome.

Você ama aquele cafajeste. Ele diz que vai e não liga, ele veste o primeiro trapo que encontra no armário. Ele não emplaca uma semana nos empregos, está sempre duro, e é meio galinha. Ele não tem a menor vocação para príncipe encantado e ainda assim você não consegue despachá-lo.

Quando a mão dele toca na sua nuca, você derrete feito manteiga. Ele toca gaita na boca, adora animais e escreve poemas. Por você ama este cara?

Não pergunte pra mim, você é inteligente. Lê livros, revistas, jornais. Gosta dos filmes dos irmãos Coen e do Robert Altman, mas sabe que uma boa comédia romântica também tem seu valor. É bonita. Seu cabelo nasceu para ser sacudido num comercial de xampu e seu corpo tem todas as curvas no lugar. Independente, emprego fixo, bom saldo no banco. Gosta de viajar, de música, tem loucura por computador e seu fettucine é imbatível.
Você tem bom humor, não pega no pé de ninguém e adora sexo. Com um currículo desse, criatura, por que está sem um amor?

Ah, o amor, essa raposa.Quem dera o amor não fosse um sentimento, mas uma equação matemática: eu linda + você inteligente = dois apaixonados.

Não funciona assim. Amar não requer conhecimento prévio nem consulta ao SPC. Ama-se justamente pelo que o Amor tem de indefinível, honesto

existem aos milhares, generosos têm às pencas, bons motoristas e bons pais de família, tá assim, ó!
Mas, ninguém consegue ser do jeito que o amor da sua vida é!


Arnaldo Jabor.

Marco disse...

É voce ama e ponto.Só ama porque ama.Amar não tem porque,só ama.

Sarau do Binho