Follow by Email

terça-feira, 29 de março de 2011

30° QUINTASOITO- MULHERES NESTA QUINTA- 01-04 E NÃO É MENTIRA!!


30º QUINTASOITO - MULHERES - NESTA QUINTA FEIRA - AS 20HS - NO ESPAÇO CLARIÔ
30º QUINTASOITO
M U L H E R E S
Este mês o quintasoito será em homenagem as mulheres!
Conheceremos artistas de vários segmentos, que fazem diferença em nossa quebrada!
Claro que um único quintasoito não dá conta de falar de todas as mulheres que estão pincelandos seus ditos e feitos no quadro da periferia...
Mas, convidamos algumas para representar e celebrar essas mulheres de nossos guetos!
Artes Plásticas
RENATA FELINTO
Artista plástica desde a sua adolescência, graduou-se em Artes Plásticas e desenvolveu dissertação de Mestrado em Artes Visuais pela UNESP sob o tema da arte contemporânea produzida por artistas negros e de sua pesquisa “Re-Existindo”. Atua na área de educação patrimonial em museus e instituições culturais desde 2000. Trabalhou no Núcleo de Educação do Museu Afro Brasil desde a sua inauguração ocupando cargos de educadora, consultora de artes e de coordenadora. Já publicou diversos artigos, ministrou cursos, organizou exposições e encontros focando questões sobre a arte, educação e etnicidade, dentre os quais podem ser destacados a coordenação e autoria juntamente com outros autores da Coleção Civilização Brasileira – Cultura Afro – Volume 1 e 2, Editora DCL, 2011, e Projeto “Vivenci ar”, Livro do aluno – segmento Cultura Afro Fundamental 1e 2, Editora DCL, 2009. Atualmente atua como educadora e pesquisadora em projetos culturais, sociais e educacionais como o “Embu com Artes” (Instituto Sidarta e IMPAES) e a revista “O Menelick 2. Ato” (Conselho Editorial, Editora Mandela Crew), além de desenvolver seus trabalhos como artista plástica cuja pesquisa atual se chama “Afro Retratos, ”e as pesquisas preparatórias para a realização do exame de doutorado.

TEATRO
Atriz e escritora Raquel Nogueira (Suzano)
Azul e Amarelo ou Porque eu Estou Falando Essas CoisasAzul e Amarelo fala do instante do pensamento que descobrimos que estamos pensando sobre tudo. Um instante infinito, ilimitado que tem sua limitação no tempo físico pois o tempo de nossa mente vai além da compreensão.
Um texto que mostra as ligações de uma vida, de como essas ligações acontecem ao longo do tempo que mesmo distantes estão conectados pelo fato de fazer parte de uma única vida, uma única existência.

DANÇA
Intervenção: SERIA UM SOLO + GRITOS EM ESPIRAL
Intérprete Criadora: Luciane Ramos
Vocal e outras presenças: Danielle Almeida
Duração: 10minutos aproximadamente

POESIA:
RAQUEL ALMEIDA
Raquel Almeida, escritora, arte – educadora e produtora cultural. Co-fundadora do Coletivo literário Elo da Corrente. Grupo que atua no bairro de Pirituba, desde 2007, no movimento de literatura periférica, realizando um sarau semanal e mantendo uma biblioteca comunitária nessa comunidade. Além disso, o coletivo realiza oficinas e recitais em escolas, centros culturais, universidades e espaços públicos de diversas regiões. Coordena o selo editorialElo da Corrente Edições, publicando autores independentes. Co-fundadora do Coletivo Cultural “Esperança Garcia”, formado por mulheres que desenvolvem ações culturais nos saraus das periferias de São Paulo. O grupo promove discussões que refletem o papel da mulher negra e periférica na literatura e outras vertentes artísticas. Obra individual: Duas Gerações Sobrevivendo no Gueto (contos, poesias e crônicas), 2008, co-autora Soninha MAZO – Elo da Corrente Edições. Co-organizadora (com Michel da Silva) da Antologia Sarau Elo da Corrente –Prosa e Poesia Periférica, 2008 Elo da Corrente Edições.Participou de diversas antologias como: Cadernos Negros 30, Negrafias I e II, Pelas Periferias do Brasil II e Antologia Sarau Poesia na Brasa I e II.

M Ú S I C A:
DONA JACIRA
Compositora, Poetisa e Escritora, que a mais de vinte anos vem cantando e contando a cultura popular.
Participou do CD "MULHERES PERIFÉRICAS CANTAM"
Produzido pela Casa Da Mulher e Da Criança em 2010,
Gravando a Faixa "SAMBA CAMARADA"'
de sua autoria.

TUDO ISSO E MAIS O CALDO DE SEMPRE, NO CALOROSO ENCONTRO QUE ACONTECERÁ NESTAQUINTA FEIRA, DIA 31 DE MARÇO , as 20h, NO ESPAÇO CLARIÔ, EM
HOMENAGEM AS MULHERES!!!


Espaço Clariô: Rua Santa Luzia, 96 - Taboão da Serra (Final da Av. Francisco Morato/ Proximo ao Extra Taboão)
www.espacoclario.blogspot.com








__._,_.___

sábado, 26 de março de 2011

SARAU DO BINHO NA VIRADA CULTURAL DE SÃO PAULO

A VIRADA CULTURAL DE SÃO PAULO DESTE ANO TERÁ UM PALCO VOLTADO PRA CULTURA DE PERIFERIA. AGORA É NOSSA VEZ.
VEJAM A PROGRAMAÇÃO


Palco Santa Ifigênia
cultura periférica
18h00 Sucatas Ambulantes - Maracatu - Nhocuné Soul
21h00 Sarau da Cooperifa - Samba da Vela
00h00 Sarau do Binho - Gunnar Vargas - Circo Incandescente
03h00 Sarau da Brasa - Zinho Trindade e o Quilombo de Solano
06h00 Sarau Griots - Noite Clara
09h00 Sarau Elo da Corrente - Z´África Brasil
12h00 Sarau Pavio da Cultura - Veja Luz
15h00 Sarau Suburbano Convicto - Umoja
17h00 Preto Soul

quarta-feira, 23 de março de 2011

SARAU DE PARAISÓPOLIS NESTE SÁBADO TEM COMO CONVIDADO O POETA BINHO



Olá ,

Temos o prazer de convidá-los para mais um SARAU DE PARAISÓPOLIS, que se realizará no próximo sábado. Desta vez vamos falar da poesia produzida pelos artistas que atuam na periferia de nossa cidade - gente afinada com as alegrias e tristezas de nossa gente. Nosso convidado é o poeta BINHO que já tem uma trajetória respeitável e que vai nos falar de seu trabalho e de sua vida como artista. Como nos encontros anteriores teremos também poesia, música e teatro com os jovens de Paraisópolis. Venha passar mais uma tarde agradável conosco!

Data: 26/março/2011 - Sábado
Horário: A partir das 18 horas
Local: Programa Einstein na Comunidade
Endereço: Rua Ernest Renan, 1068 - Paraisópolis

Acompanhe o Sarau de Paraisópolis no blog: http://saraudeparaisopolis.blogspot.com (acesso liberado pelo HIAE)

Até lá!


Vanda Mafra Falcone
Responsável pelo Núcleo Arte e Comunicação
Programa Einstein na Comunidade de Paraisópolis - PECP
(11)2151-6704 e (11)9460-0085

Curso: LITERATURA FUTEBOL E NEGAÇA - Fintas, Impedimentos e Soladas das relações etnico-raciais brasileiras



Salve. Positividade. Com licença para um chamado.

Edições Toró, Sarau da Fundão e Coordenadoria de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura de SP - SMC convidam para o curso “LITERATURA, FUTEBOL E NEGAÇA".

Considerando as fintas, impedimentos e soladas das relações étnico-raciais brasileiras, abrindo rumos para vivências em Arte/Educação que contemplem questões ancestrais e urgentes da população negra e do povo brasileiro em geral. Atentando à forma e ao conteúdo (separados tantas vezes falsamente).

Com oficinas, aulas teóricas, projeção de vídeos, fotografias e músicas, leituras dramáticas e mapas.

Cinco encontros aos sábados, de 02 a 30/04/2011. INSCRIÇÕES no sítio www.edicoestoro.net ou na Biblioteca tel: 5841-1259

02/04 – "100 anos jogando com a raça: discriminação, ascensão social, pátria e grandes negócios”, com Flavio Francisco (Historiador e Pesquisador das Mídias Negras do começo do Século XX) e Uvanderson Vítor (Sociólogo, Pesquisador das Desigualdades Sócio-raciais Brasileiras)
Com textos de Nelson Rodrigues, Gilberto Freire e João Antônio

09/04 - "De Retratos a Chuteiras – A Nação envergonhada", com Monica Cardim (Fotógrafa e Arte-Educadora, Mestranda em Estética e História da Arte).
Com textos de Lima Barreto

16/04: "Corpo Negro em futebol e teatro: Dramaturgias, cenas e ritual", com Evani Tavares (Atriz, Angoleira, Doutora em Artes pela UNICAMP):
Com textos de Cidinha da Silva e Oduvaldo Vianna Filho

23/04: "O baque do Maracanã 50 e o goleiro Barbosa – enquadro e projeção”, com Renata Martins (Cineasta atuante em Direção, Roteiro e Montagem. Educadora em Artes Visuais)
Com textos de Eduardo Galeano

30/04: "Do campinho ao estádio: Geografia das emoções e Imagens da bola preta" - com Billy Malachias ( Mestre em Geografia Humana, Pesquisador do NEINB/USP e Consultor do MEC)
Com textos de Plínio Marcos, José Roberto Torero e do cordelista José Soares


Na Biblioteca Helena Silveira: Rua Doutor João Batista Reimão, 146 (Atrás do Terminal Campo Limpo)

GRATUITO para 35 participantes, com distribuição de certificados ao final do curso.


Pedagoginga - mais reflexão e menos marketing, mais fogueira e menos fogos de artifício

Allan da Rosa/ Edições Toró
..................................................................

Realização: Edições Toró, Sarau da Fundão e Coordenadoria de Bibliotecas da Secretaria Municipal de Cultura de SP - SMC

Articulação Pedagógica: Allan da Rosa

Concepção do cartaz: Mateus 'Subverso'

quinta-feira, 17 de março de 2011

SARAU DO BINHO DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DO II FESTIVAL SUL-AMERICANO DE CULTURA ÁRABE

NA PRÓXIMA SEGUNDA , DENTRO DA PROGRAMAÇÃO DO FESTIVAL, TEREMOS NO SARAU O DOCUMENTÁRIO:
2 meses e 23 min (Mães, cozinheiras e crianças do Acampamento João Cândido (MTST) em Itapecerica da Serra na ocupação que concentrou 4 mil famílias na região metropolitana de São Paulo em apenas 2 meses, 23 min), de Rogério Pixote, Cinebecos; SEGUIDO DE DEBATE
E , NA PRÓXIMA SEGUNDA 28-03
A caixa mágica (Documentário sobre a migração árabe para o Brasil e sobre a relação dessa comunidade com a Rua 25 de Março, em São Paulo, conhecida pela presença expressiva de comerciantes de origem árabe, 26 min). TAMBÉM SEGUIDO DE DEBATE
VEJAM TODA A PROGRAMAÇÃO NO SITE
http://www.festivaldaculturaarabe.org/


II Festival Sul-Americano de Cultura Árabe

O evento acontece de 18 e 31/março e terá expressões diversificadas que ocorrerão em espaços como BibliASPA, CCBB, Centro Instituto Cervantes, entre outros. Uma rica programação que será ofertada GRATUITAMENTE, em SP.


São Paulo, 10 março/2011. Realizado pela BibliASPA – Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul-Países Árabes, o Festival Sul-Americano da Cultura Árabe tem como objetivo refletir sobre as manifestações culturais árabes e as contribuições dos imigrantes. A intenção é fortalecer o vínculo entre a América do Sul e os Países Árabes com base no respeito à diversidade cultural e nos laços históricos, além de promover a cultura da paz por meio da aproximação dos povos.


A programação deste II Festival conta com apresentações de vários segmentos artísticos, entre os quais caligrafia árabe, cinema, literatura, teatro, música, dança, artes plásticas (mais de dez exposições), contação de histórias, arqueologia, fotografia, street art, palestras, debates, colóquios, mesa-redonda, mediação de leitura, publicações e intervenções diversas. Entre os convidados que participarão de debates e palestras encontra-se o Ministro de Estado das Relações Exteriores, Embaixador Antonio de Aguiar Patriota, o escritor Milton Hatoum, cuja obra será tema de um colóquio durante o evento.


O evento ocorre em espaços símbolos de São Paulo, incluindo centros culturais e de pesquisa, clubes, associações, escolas, universidades e cineclubes, oferecendo um amplo acesso à população por meio de ações descentralizadas.



Também haverá apresentações no Espaço BibliASPA - Centro de Cultura e Pesquisa Árabe e Sul-Americana -, que possui salas de aulas, biblioteca com acervo bibliográfico e multimídia, centro de documentação, editora, museu, sala de restauro, espaço para projeção de filmes, exposições e realização de outras propostas. No local e em outros espaços, a BibliASPA - Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul- Países Árabes promove cursos de língua, caligrafia, literatura, história, cultura, contação de histórias, arqueologia, artes plásticas, música e dança, entre outros.


Mais de 12 milhões de árabes e descendentes vivem no Brasil e contribuem cultural, econômica e politicamente para as sociedades locais; apenas em São Paulo, são ao menos 2,5 milhões de pessoas. Em toda a América do Sul, a presença árabe é expressiva.


O festival ocorre anualmente de 18 a 31 de março, em função de o dia 25 de março ter sido instituído como o Dia Nacional da Comunidade Árabe por lei federal. Não por acaso, a data foi criada por decreto municipal, em 1859. A Rua 25 de março tornou-se uma espécie de República Árabe em São Paulo, que abriga sírios, libaneses, palestinos, iraquianos, egípcios e jordanianos. Povos de língua árabe que aqui aprenderam o português e, em ambas as línguas, expressaram seu afeto pela pátria de origem e pela de adoção: o Brasil.



Serviço:

O que: II Festival Sul-Americano de Cultura Árabe

Quando: de 18 a 31 de março de 2011, em SP

Onde: vários lugares: Espaço BibliASPA, CCBB, Instituto Cervantes, entre outros.

Realização: BibliASPA – Biblioteca e Centro de Pesquisa América do Sul-Países Árabes

Informações para imprensa: (11) 3661 0904 – 9251 9895 / com Maria Nilda

comunicacaobibliaspa@gmail.com

www.bibliaspa.com.br

segunda-feira, 14 de março de 2011

HOJE TEM LANÇAMENTO DO CD "CIRCO INCANDESCENTE" DE GUNNAR VARGAS, TÁ MUITO LINDO DE VER E OUVIR!

HOJE LANÇAMENTO DO ZINE "UM POR TODOS ", UMA SELEÇÃO DE CONTOS E POEMAS DO SARAU DO MESQUITEIROS


LANÇAMENTO DO ZINE UM POR TODOS: ANOTA AÍ E SE PUDER, FORTALECE!

Dia 10, quinta-feira
SARAU ELO DA CORRENTE, PIRITUBA
http://www.elo-da-corrente.blogspot.com/
confirmados: Celly, Djoy, Jéssica e Rodrigo

Dia 12, sábado
PAVIO DA CULTURA - SUZANO
http://www.sacolagraduado.blogspot.com/
confirmados: Gabi, Débora, Rodrigo, Mayra e Jéssica

Dia 13, domingo
SARAU DA ADEMAR - CIDADE ADEMAR
http://sarau-da-ademar.blogspot.com/
confirmados: Gabi, Mayra, Djoy, Rodrigo e Vitor

Dia 14, segunda-feira
SARAU DO BINHO - CAMPO LIMPO
http://saraudobinho.blogspot.com/
confirmados: Celly, Gabi, Jéssica, Mayra e Rodrigo

Dia 16, quarta-feira
SARAU DA COOPERIFA - CHÁCARA SANTANA
http://www.colecionadordepedras1.blogspot.com/
confirmados: Jéssica, Mayra, Gabi, Rodrigo e Celly


Rodrigo Ciríaco
Skype: rodrigo.ciriaco
Facebook: Rodrigo Ciríaco
(11) 9457-6708 / (11) 8182-6190
Blog: www.efeito-colateral.blogspot.com

quarta-feira, 2 de março de 2011

Sarau do Binho