Follow by Email

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

SARAU DO BINHO





Pedro Lucas


Vitor, Renata e Gunnar



D. Wilma, Negra dama

3 comentários:

Johnny Nogueira dos Santos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Johnny Nogueira dos Santos disse...

Faz muito tempo que não apareço por aí no Sarau!!!! Saudade das ótimas vibrações!!!

Peço licença para a divulgação do meu blog de poesias:

http://johnnynogueiradossantos.blogspot.com

Outro, Eu ...

Mordo um pedaço do tempo
Que de fato nem tenho
Sou o próprio verbo
Conjugado e escrito
Apagado e empoeirado
Na prateleira de um sebo
Sou o próprio papel em que escrevo
O lápis que se deita em meus dedos
Sou o poeta que não leio
As palavras que não falo
As que canto em pensamentos que berram
Sou o silêncio que traz o sono
Sou o tudo que desconheço
Sou os livros que me leram
A arrogância que desprezo
Às vezes eu mesmo, às vezes o outro
Ora avesso, ora in verso...
Tudo que seja descartável e eterno
Sou a distância entre este planeta
E o fim do universo

Gunnar Vargas disse...

primeira foto do trio rs

Sarau do Binho